Alimentos para evitar durante a gravidez

A gravidez é um presente incrível. Como mães, nosso trabalho é garantir que os bebês estejam recebendo todos os nutrientes ​​que necessitam. Para mantê-los protegidos também é importante evitar certos alimentos que não são considerados seguros durante a gravidez. Separamos uma lista de alimentos não indicados para grávidas:

  • Álcool – Atualmente, não se sabe a quantidade segura de álcool permitida durante a gravidez e ingerir bebidas alcóolicas nesse período pode causar malformações fetais, como atraso mental, dificuldade de aprendizagem e hiperatividade. Portanto, é recomendável que você evite.
  • Carne crua – Isto inclui sushi, frutos do mar e mariscos, carnes e aves mal passadas, já que podem transmitir toxoplasmose para as gestantes, causando a má formação do feto. Portanto, mamães, não serão permitidos bifes mal passados ou sushi durante nove meses.
  • Embutidos – São conhecidos por conter listeria, um gênero de bactéria que pode causar aborto. O risco é muito baixo, mas é recomendado ficar longe deles por enquanto.
  • Água com gás – Piora a sensação de azia, além de dificultar a absorção de nutrientes, vitaminas e sais minerais essenciais para a mãe e o bebê.
  • Peixes que contenham uma maior quantidade de mercúrio – Todos os peixes contêm mercúrio, mas alguns apresentam níveis mais elevados, como peixe-espada, tubarão, cavala e pirá (ou garoupa).
  • Peixes defumados – Mais uma vez, estes podem estar contaminados com listeria, por isso é melhor evitá-los.
  • Ovos crus – Ovos crus ou quaisquer alimentos que contêm ovos crus devem ser evitados por causa da potencial exposição à salmonela.
  • Pimenta – Não é abortiva, mas é aconselhado que as grávidas a evitem pois altera o pH do estômago, causando problemas como refluxo, azia e intestino lento.
  • Queijos suaves – Você vai precisar se manter longe de brie, camembert, roquefort, feta, gorgonzola, além do queijo branco e queijo fresco, a não ser que o fabricante afirme claramente que são feitos a partir de leite pasteurizado.
  • Doces – a ingestão em excesso aumenta o peso da mãe e em consequência disso, há um risco maior de desenvolver doenças como diabetes da gravidez e pré-eclampsia (pressão alta, edema e liberação de proteína na urina).
  • Feijão – não é proibido, mas provoca gases e cólica nas gestantes pois possui açúcares que o intestino tem dificuldade de digerir.
  • Cafeína – Como regra geral, a cafeína deve ser limitada a menos de 200mg por dia durante a gestação. O café, se tomado em quantidade excessiva, pode contrair as artérias e atrapalhar o desenvolvimento do feto.
  • Chá de boldo – Cientistas identificaram que pode causar problemas físicos no bebê, por isso, não deve ser ingerido, principalmente nos três primeiros meses de gestação.
  • Chá de canela – Também deve ser evitado durante a gravidez, pois pode provocar contração dos músculos do útero e constrição sanguínea.

Por fim, certifique-se de lavar todas as frutas e legumes antes de consumí-los. Esperamos que isso ajude e que você não fique com vontade de nenhum desses alimentos saborosos até que seu bebê nasça. Saiba mais sobre BabyPlus aqui.

 

Comentários estão desativados